O que é ser uma pessoa inteligente?

Artigos, Sociedade

_105602661_cdd99a47-aad5-4a5a-a19c-16d384b98ace

 

O termo ”gado” vem sendo utilizado de forma bem intensa durante todo o ano de 2019. O nome está sendo bastante usado para abusar de pessoas consideradas burras ou ingênuas e que são enganadas facilmente. Isto me trouxe à velha discussão sobre o que é ser inteligente. Quais as principais diferenças entre uma pessoa chamada de burra e uma considerada esperta? O que é ser inteligente? Como ficar ainda mais esperto? Existem diversas formas de perceber se uma pessoa é inteligente ou se está tentando ficar mais sábia. Vejamos.

 

Cultura

Uma das características mais celebradas de uma pessoa inteligente é a sua bagagem cultural. A apreciação das artes eleva a alma até do mais humilde dos seres humanos. Mas não uma arte qualquer, o que impressiona e acrescenta é a busca incessante pela alta cultura, com o admirador das maravilhas culturais assistindo a filmes de qualidade, lendo livros que geram reflexão e ouvindo músicas grandiosas que educam os ouvidos.

 

20151006165136-introvert-reading-books-

 

Especialidade

Outra característica de uma pessoa sábia é o aprofundamento na habilidade em que ela considera ser o seu dom. O indivíduo pode, por exemplo, ingressar em uma faculdade ou curso técnico e assim, tornar-se um especialista no campo escolhido. Com o acesso à internet, qualquer um pode se tornar um autodidata na matéria escolhida, lendo livros/artigos, vendo vídeos, pagando cursos online e conversando e aprendendo com outros apaixonados pelo assunto. A pessoa se sentirá bem mais inteligente, já que o estudo da sua área de preferência não é algo efêmero e poderá durar por toda a vida.

 

Questionar

Esta sim, pode ser considerada a principal característica de uma pessoa inteligente. Tudo que nos é contado desde que somos crianças é verdade? Qual a real história da humanidade? Quem manda no mundo? Jesus Cristo realmente existiu? Qual o verdadeiro formato da Terra? Imposto é roubo? Tudo à nossa volta deve e tem que ser questionado. É correto acreditar em tudo ou devemos confiar mais nos nossos próprios instintos? Uma pessoa sábia sabe que nem tudo é o que parece.

 

flat,550x550,075,f.u2

 

Por incrível que pareça, uma pessoa inteligente é acima de tudo, HUMILDE. É alguém que sabe ouvir opiniões diferentes e também reconhece quando está errada em algum assunto e procura então, desvendar a verdade por trás das coisas mais simples. É uma pessoa que procura evoluir em todos os aspectos da sua mente e corpo. É um ser com fome de conhecimento e que quer sempre… aprender mais e mais.

 

A Arte das Letras

Artigos, Sociedade

 

latim-origem-idiomas

 

UMA PEQUENA REFLEXÃO SOBRE A MINHA MENTALIDADE COMO ESCRITOR

 

Eu sempre tive uma grande imaginação e por isso mesmo, adoro criar histórias. Só que antes, ao escrever, eu me preocupava apenas em contar as histórias e não dava a mínima para a gramática. Os meus textos até que tinham um bom conteúdo, mas eram pobremente escritos, com inúmeros erros ortográficos e possuíam um vocabulário repetitivo. Após anos de desatenção, finalmente comecei a me interessar pela boa escrita ao assistir a um escritor comentando sobre a miríade de erros gramaticais que os brasileiros cometem ao escreverem no dia a dia. Fiz uma revisão do que eu já sabia e aprendi coisas novas na vasta e fascinante gramática da língua portuguesa.

Logo me interessei pelas outras línguas existentes no mundo. Meu foco inicial foi no inglês, o idioma mais popular do planeta. Já tinha um conhecimento básico do idioma, e o que me ajudou também foram os inúmeros filmes e séries americanas assistidos. Percebi também que as regras gramaticais eram até mais simples que as da língua portuguesa.  Existem bem menos tempos verbais no inglês, e isto é um facilitador para um aprendizado mais rápido. Aprendi também que não é sempre possível traduzir de forma literal do inglês para o português. Em algumas frases, você acaba tendo que adaptar. Provando, portanto, que cada idioma possui as suas próprias particularidades. Não demorou muito também para a minha atenção se voltar à língua espanhola. De cara, o estudante nota o quanto a língua espanhola é semelhante à portuguesa. Por causa da semelhança entre os dois idiomas, pude assistir filmes e séries em espanhol, sem a necessidade de legendas. E a parte gramatical também é muito parecida, provando que o espanhol e o português são idiomas Hermanos.

idiomas

Ao me interessar pelo estudo da língua francesa, comecei a me apaixonar pelo mundo dos poliglotas, que são talentosas pessoas que dominam diversos idiomas. Várias delas postam vídeos na internet mostrando suas habilidades ao falarem fluentemente diversas línguas. Muitos delas querem aprender um idioma especifico porque estiveram no país e não conseguiram manter uma conversação decente com os nativos; outras por que querem ir ao país em um futuro breve; já outros estudantes nem sabem se irão à nação desejada no futuro, mas querem aprender a língua de qualquer forma, por admirarem a história, a cultura e o povo daquela região especifica do planeta. Independentemente do porquê, todos os poliglotas têm o meu total apoio e admiração.

Nos últimos meses, ao estudar vários idiomas, apenas uma coisa me incomodava: eu não estava aprendendo o idioma do meu país favorito, ou seja, o Japão / 日本. Então, eu decidi parar por um tempo com o estudo dos outros idiomas para dedicar mais tempo à língua japonesa. E não é nada fácil, já que aquele país utiliza outro sistema de escrita. Diferentemente do inglês, do espanhol, do italiano e do francês, os japoneses utilizam três diferentes formas de escrita: O Hiragana (ひらがな), para escrever as palavras em geral; o Katakana (カタカナ), para escrever palavras de origem estrangeira comparadas às japonesas; e os Kanjis (幹事), que são como desenhos que simbolizam coisas em geral, como pessoas, lugares, nacionalidades, sentimentos e por aí vai. Se já não bastasse isso, todas as três formas, frequentemente, são utilizadas ao mesmo tempo dentro da oração do texto, dificultando ainda mais a leitura para quem não é acostumado. Mas para um apaixonado pela arte das escritas, a dificuldade de aprender torna a experiência ainda mais fascinante e desafiadora.

hiragana-vs-katakana

Ao mergulhar no imenso mundo das letras, pude ver o quão importante é a gramática para a escrita. Ao escrever atentamente e com zelo, você se comunicará melhor com o mundo, seja com um artigo de opinião em um jornal; com uma matéria investigativa em uma revista; através de um romance complexo e emocionante de 400 páginas ou até mesmo na troca de simples mensagens com familiares e amigos. Ler muito e escrever bem são essenciais para qualquer escritor, seja ele amador ou profissional. E sempre que tiver uma dúvida, consulte uma boa gramática.

Escrever bem, de forma correta e gostosa… Finalmente eu aprendi esta lição. Antes tarde do que nunca.

Política é um lixo

Artigos, história, Política, Sociedade

comunicacao-politica-alessandra-fedeski

Desde que nascemos, somos ensinados por todos à nossa volta de que a política é algo importante e essencial à vida de todos. Não demora muitos para a criança testemunhar na televisão, aquelas propagandas com a já famosa frase “A festa da democracia”, incentivando todos os eleitores a irem às urnas e exercerem o seu dever de cidadãos do país. E claro, vemos inúmeros políticos realizando campanhas milionárias para tentarem alcançar os cargos máximos no mundo da política. Pois é, mas é se eu lhes disser que a política é um lixo e que o estado só atrapalha? E que a democracia é uma ditadura e não deveria nem existir? Pois é, todos nós fomos doutrinados a nossa vida toda. Basta olhar para o passado.

No início, não havia cidades, e o homem andava em pequenos bandos. Existia, no máximo, pequenos vilarejos. Com o aumento da população, não demorou muito para surgir os primeiros líderes, as primeiras autoridades. Estas autoridades começaram a cobrar pequenos tributos dos cidadãos das vilas. Surgia então, o ESTADO. Na maioria das vezes, o cidadão era obrigado a contribuir com dinheiro para poder continuar vivendo na vila ou cidade. Caso não pagasse, a pessoa poderia até ir para a cadeia. Prática absurda que acontece até hoje. Com o passar do tempo foram surgindo impostos para todas as situações, reduzindo o dinheiro do povo e aumentando ainda mais o do estado. Outro problema nos tempos antigos eram as inúmeras guerras que surgiam pelos motivos mais fúteis possíveis. E advinha só quem pagava? O cidadão comum, que era forçado a ir à guerra lutar uma luta, que na maioria das vezes, nem era a dele. Outro problema é que as crianças já nasciam sendo doutrinadas para pensarem que o estado era indispensável. Uma vez adultas, elas educavam os filhos para pensarem que o estado e a política eram essenciais. E o ciclo ia se perpetuando. Com o passar dos séculos, foram surgindo linhas imaginárias para marcarem os país. Alguns países adotaram os reis, outros os primeiros ministros, e outros, os chamados presidentes da república. Mas sempre com o mesmo resultado desastroso.

Com o tempo, este parasita chamado estado, foi tornando-se cada vez mais imenso. Foram surgindo novos e inúteis cargos, como os de prefeitos, vereadores, deputados, juízes, ministros e etc. E todos claro, pagos com dinheiro público, tirados à força do cidadão através do imposto. Nas escolas, as crianças eram doutrinadas para darem o mais alto valor à política e ao estado. E com o surgimento da televisão, o governo gastava milhões do nosso dinheiro, para transmitirem propagandas enganosas de como o estado era bom e eficiente. De que o dinheiro dos cidadãos estava sendo bem aplicado. A cara de pau era cada vez maior com o passar do tempo.

Se pergunte: políticos produzem comida? NÃO; políticos fabricam roupas? NÃO; eles constroem casas? NÃO; políticos criam maravilhas da tecnologia como computadores e smartphones? NÃO; e eles descobrem a cura para as diversas doenças que atormentam a humanidade? Também NÃO!

Políticos são apenas e tão somente um grupo de pessoas ordinárias que acham que podem tomar decisões por milhões de pessoas. E com o passar do tempo, mais pessoas foram “sonhando” com uma vaga no mundo político. Daí surgiu outro grande problema: a corrupção, que é quando o político desvia dinheiro público direto para o próprio bolso ou o de quem mais o interessar. Pensa que acabou? Não, existe algo ainda mais irritante: Vez ou outra eles inventam de aumentar os próprios salários e as suas respectivas aposentadorias. Além, é claro, de criarem leis que os protejam. Ou seja, é um ciclo interminável de safadezas com o cidadão.

Resta para nós, pessoas sensatas, torcermos para que quem sabe, um dia, o estado acabe, a democracia morra e os políticos deixem de existir. Não custa nada sonhar. E eu sou um sonhador… Sonhe você também!

 

O Mal Dos Governos Autoritários

Artigos, Política, Sociedade, Uncategorized

fascismo

Quando eu era criança, fui ensinado a gostar de política, dos políticos, do governo, do estado. Como a maioria dos cidadãos, cresci pensando que a política e o estado eram realmente necessários. Mas recentemente, eu soube do Libertarianismo, que me fez enxergar o mundo político/estatal com outros olhos.

No pensamento libertário, não existe esquerda ou direita; conservador ou progressista; Lula ou Bolsonaro. Nós libertários queremos somente uma coisa: o fim da interferência do estado no mercado e na economia. E claro, o fim dos impostos. Afinal, imposto é roubo. Se não concorda, me responda: por que somos presos quando não pagamos os impostos ao estado? Pois é… imposto é um roubo legítimo!

Na maioria das vezes, ter um governante para governar uma nação, seja ele na figura de um presidente da república, primeiro ministro, rei etc, pode muito bem levar ao chamado autoritarismo. Um governante autoritário é a típica pessoa que acha que sempre tem razão, não respeita a voz da população de seu país e toma medidas maléficas e impensadas, prejudicando a todos. Assim nasce o termo ditador.

Ao olhar para o passado, podemos reparar nos inúmeros erros cometidos por ditadores ou figuras autoritárias. Erros que ceifaram a vida de milhões de pessoas ao longo da história. Devemos olhar para trás e ver o tanto de sofrimento que é causado quando é dado muito poder a um ser autoritário e cruel. É triste constatar que é intrínseco a todo chefe de estado a busca por mais poder, por mais dinheiro, por mais glória. São seres ambiciosos e egoístas. Pessoas imundas, que ao invés de ajudarem, fazem o contrário, e acabam prejudicando a vida de centenas, de milhares, de milhões de seres humanos.

 

Por que existe tanta diferença na vida sexual das pessoas?

Artigos, Sociedade

how-to-stop-feeling-lonely-what-to-do-when-you-feel-lonely

Uma grande diferença

Ultimamente tenho notado um fenômeno que vem crescendo ao longo dos anos: o de homens que chegam a idades avançadas como 30, ou até mesmo, 40 anos, ainda virgens, ou seja, sem nunca terem tido uma relação sexual sequer. E muitos nem mesmo sequer beijaram na boca de alguém, sendo chamados de Boca Virgem. Quanto às mulheres, muitas delas até tiveram uma ou outra experiência sexual ao longo de suas vidas, mas até elas, principalmente as que não contam com uma aparência física privilegiada, passam por dificuldades para conseguir um namorado ou até mesmo, um ”ficante”.

Existem várias coisas clássicas no mundo, que serviram de motivação para continuarmos a viver ao longo da nossa existência. Coisas como: comida; atividade física para moldar o corpo; filmes e séries; livros; jogos de video-game; roupas e o mundo da moda; esportes como o futebol, e claro… o sexo. Namorar e beijar na boca e consequentemente, fazer sexo, é um dos maiores prazeres do qual um ser humano pode desfrutar. Alguns dizem até que o sexo é, de fato, o melhor e mais prazeroso ato que existe neste planeta. Sendo assim, por que algumas pessoas têm tanta dificuldade para consegui-lo? Vamos analisar este fato em duas etapas. Primeiro, olharemos para as pessoas que têm uma vida sexual praticamente nula, e depois, iremos analisar o comportamento dos seres humanos que possuem uma vida sexual bem agitada. Comecemos.

 

Falta de Sexo

A grande maioria das pessoas possuem desejos carnais, independentemente da orientação sexual. Então por que muitos têm uma vida sexual quase que inexistente? Vamos fazer uma análise fria, partindo desde o principio e imaginando um homem comum nos dias de hoje: o sujeito tímido ou pouco sociável. Na escola, que é quando ele passa a conviver com um grande número de pessoas, ele se fecha e faz poucos amigos, ou até mesmo, nenhum. Com as garotas então, nem se fala. As chances de ele emplacar uma amizade com o sexo oposto são quase que nulas. Ele sai do colégio e como acontece em grande parte das vezes, não entra em uma universidade. Pode ficar algum tempo até conseguir um emprego. Por ser tímido e um pouco reservado, o jovem fica isolado, e com exceção da própria família, não conversa com mais ninguém. E mesmo depois de algum tempo, quando consegue um emprego, não é garantia de que ele terá algum trunfo. Porque existem diversos empregos onde o ambiente é formado apenas por machos, ou por homens e algumas poucas mulheres, a maioria de pouco encanto. A pessoa, mesmo no trabalho pode muito bem conversar pouco, apenas o necessário, não garantindo assim uma simpatia suficiente em relação aos colegas e o deixando cada vez mais isolado. Nunca olvidarse de que quanto mais uma pessoa se isola, menos chances ela tem de conseguir qualquer tipo de relacionamento, seja uma amizade ou um namoro.

 

Sexo em Abundância

Mas se o ser humano é por natureza uma criatura excitada e com uma variedade imensa de desejos sexuais, desde os mais simples até aos mais sórdidos, qual seria o porquê da falta de sexo? Mas quem disse que todo mundo faz pouco sexo? Existe uma gama de pessoas que transam muito, bastante mesmo. Para analisar friamente esta situação, vamos imaginar a trajetória de uma mulher com aparência medíocre, mas com uma grande diferença: ela sendo comunicativa e sociável. Logo de cara, nos primeiros anos da escola, ela desenvolve muitas amizades. Na adolescência continua formando amigos, já que a mulher, na maioria das vezes, é um ser bem mais sociável do que os homens, e faz questão de ter amigos desde cedo ao seu redor. Elas contam também com a regrinha da sociedade de que é o garçon que tem que ”chegar” e demonstrar interesse, e isto facilita e muito a vida das femmes. Saindo da escola, ela já tem um círculo de amizades e de pequenos namorados. Ela consegue entrar na Faculdade e lá, cria amizades com diversas pessoas, e isto ainda, com direito à ida à festas e a eventos. Neste período ela fica com diversos homens, fazendo de vários seus amigos de sexo ou em outro termo bastante popular nos dias de hoje, amigos com benefícios – in the english way: friends with benefits. A pessoa com muita socialização e ainda convivendo em um ambiente com várias pessoas atraentes, transa até dizer chega. O SEXO É ABUNDANTE! Chega a um ponto, principalmente esta sendo uma mulher atraente, que a criatura só não transa com diversas pessoas, apenas e tão somente, se ela não quiser.

 

Conclusão

Existe uma série de fatores que pesam na vida de uma pessoa, podendo levá-la à ter uma vida sexual satisfatória, ou o contrário, uma vida sexual de pura penúria. Depois de mirar de forma consciente para com os dois extremos, chego a conclusão lógica de que a melhor forma de se viver é a com o estilo que eu chamo de vida com O CÍRCULO DE AMIZADES! Ou seja, uma existência tendo como base o cultivo continuo de amigos. Você sempre irá se socializar, sempre fará novos amigos, aproveitando cada oportunidade, seja no convívio com os vizinhos, seja na escola e mais tarde na faculdade, e claro, fazendo novas amizades no trabalho, seja ele qual for. E nunca é tarde para começar, se você foi uma pessoa extremamente tímida e fechada na juventude, você pode muito bem cambiar isso e começar a ter uma socialização melhor com as pessoas de sua cidade. Com o convívio e as conversas vêm os amigos e com as novas amizades, aparecem os flertes/namoros, e com os relacionamentos amorosos chega finalmente o tão esperado e desejado… SEXO. Se você for uma pessoa que se cuida, e souber conciliar trabalho, amizades, contatos – contatinhos!, conversas e contar também com uma pitadinha de sorte, namoros e sexo é o que não irá faltar em sua vida. Às vezes irá dar trabalho e parecerá um pouco cansativo, mas tudo que é prazeroso exige esforço, então nada de quedarse parado, vamos à luta e claro… bom sexo a todos!